Fórmula 1

Grande Prêmio de Mônaco de F1

Antonio Calanni/AP

A prova deste domingo em Monte Carlo, com ultrapassagens em pontos que em outras temporadas só aconteciam sobre retardatários, foi bem mais movimentada e emocionante que esperado. Começou com Schumacher sobre Hamilton por dentro na Loews, depois do alemão perder cinco posições na largada. O mesmo Hamilton, que estava com “a faca nos dentes”, deu o troco na Mirabeau. Com uma punição e um desempenho fraco na última parte da classificação, em parte pelo acidente de Perez, entalado na garganta, O inglês da McLaren estava impossível. Seu estilo agressivo ficou mais aparente nas ruas estreitas do principado, quando o adversário à frente era lento mas não o suficiente para uma ultrapassagem ele zigazeava atrás, botando pressão e procurando brechas, espaços para alcançar os líderes. Mas Monte Carlo não tem brechas, não tem espaço. Por isso algumas tentivas resultam em pedaços de carro espalhados pela pista, ou em carros parados na pista. Aconteceu tudo isso quando Lewis alcançou Massa. Com um carro mais inteiro, tentou, fez zig-zag, até forçar a barra na Loews e tocar a Ferrari #6. Logo depois, no túnel, o brasileiro acertou o muro e abandonou a prova. Hamilton foi punido com um drive trough. No final empurrou Maldonado no muro, forçando o abandono do venezuelano, que ia fazer seus primeiros pontos na F1. Foi punido com alguns segundos que, no final das contas, não influenciou sua posição final, 6º. “Deve ser por que sou negro!”, ironizou o campeão de 2008, parafraseando Ali G, personagem de Sacha Baron Cohen, que fez “Borat”, em um talk show inglês, ao reclamar destas e de outras punições ou investigações. Não achei que a batida do Massa tenha relação direta com toque do inglês. Minha impressão é que ele saiu do trilho e ficou sem aderência. Coisa de corrida.

Robert Pratta/Reuters

O final da prova foi eletrizante. Vettel foi prejudicado por um erro nos boxes e virtualmente perdeu a liderança. Assim que Alonso e Button fizeram a 2º parada, encaixotaram atrás do alemão só esperando o momento do pit. Seguiu-se então uma emocionante perseguição, que durou algumas voltas, onde o piloto espanhol fazia pressão no carro #1, que já sofria com o desgaste do pneu. Numa tocada mais forte que os demais, o grupo alcançou rapidamente vários retardatários que disputavam posição entre si. Aí foi uma bagunça. Só entendi depois de assistir esta cena algumas vezes. Di resta escapou na saída do túnel e acertou o muro. Continuou na pista e atravessou a chicane. Neste ponto, Hamilton freou antes. Alguersuari atropelou o inglês e foi tocado por Petrov. Toro Rosso e Renault foram para no muro. No meio de tudo isso estavam os líderes. Com pedaço de carro voando para todo lado não dava para saber o que estava acontecendo, principalmente por uma STR estar envolvida e aos pedaços. Petrov bateu mais forte e os socorristas tiveram dificuldade para retirá-lo do carro. O Safety Car entrou na pista e logo depois a corrida foi interrompida. Houve a dúvida se encerrariam, pois faltavam somente 6 voltas. Foi uma correria entre os mecânicos e o grid virou pit lane. Carros foram reparados, peças foram trocadas e quando todos imaginavam que seria proibido, trocaram os pneus de Vettel. Foi um balde de água fria. Quando a corrida reiniciou, Vettel disparou na frente e venceu pela quinta vez no ano. Alonso foi segundo, melhor colocação da Ferrari até agora e Button, 3º, completou o pódio.

Merecem destaque: Kobayashi em quinto, melhor colocação do mito este ano. Sutil, com pneu furado, sétimo e Rubens Barrichello em 10º, marcando os primeiros pontos da Williams na temporada. A próxima etapa será no Canadá, dias 10-11-12 de Junho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s