Endurance Interlagos

Ocorreu neste sábado a primeira edição do Endurance Interlagos, uma prova com duração de 8h, utilizando o regulamento do Campeonato Paulista de Velocidade. A largada foi dada as 16h, sendo finalizada à meia noite. Segundo relatos de pilotos, a baixa visibilidade no período noturno da prova foi um problema, mesmo sendo utilizados refletores instalados ao longo da pista.

16836362_945805525451686_7786731573728298970_o

O grid foi modesto com apenas 11 carros, segundo informações, algumas equipes desistiram do evento na última hora, mas apesar disso, a realização deste evento é uma ótima notícia para o automobilismo paulista, que tem sofrido tanto nos últimos anos.

race-00

Eu estava acompanhando de longe, apesar de minha atenção estar voltada a pista do Kartódromo Ayrton Senna, da Torre dos comissários era possível ver o S do Senna, uma parte do miolo e a subida da reta principal.

A equipe vencedora levou R$ 4000,00 para casa.

1) #27 – H.Pingo / E.Mattar / W.Freitas / M.Camacho, 204 voltas em 8h04min01s584;
2) #44 – A.Pepe / J.Gomes / E.Gomes, a 42s702;
3) #25 – V.Perillo / R.Perillo / W.Perillo / M.Perillo, a 1 volta;
4) #65 – A.Piedade / E.Piedade / E.Amorim / P.Plutarcho, a 3 voltas;
5) #37 – G.Almeida / M.Lambert / A. Piedade / E. Piedade, a 8 voltas;
6) #9 – F.Mol / L.Vinicius / M.Santos, a 12 voltas;
7) #33 – E.Doriguel / F.Cardoso / T.Tambasco, a 15 voltas;
8) #28 – Mallaco / V.Vorcaro / E.Piedade / S.Ventura, a 18 voltas;
9) #66 – L.Monteiro / F.Fortes / A.Papazissis / M.Costa, 32 voltas;
10) #111 – M.Paioli / M.Azzi / P.Gottschalk, a 32 voltas;
11) #333 – M.Garibaldi / F.Tokunaga / P.Costa, a 140 voltas

Melhor volta: #33 – E.Doriguel / F.Cardoso / T.Tambasco (33), 2min04s535 (média 124,562 km/h), na 140ª volta.

PENALIZAÇÕES

#37 – Time penalty de 1 minuto
#66 – Time penalty de 1 minuto por atitude antidesportiva contra #33
#33 – Time penalty de 90 segundos por atitude antidesportiva
#33 – Penalizado em 2min06s000 por exceder o tempo de “Stint” de 1 hora

200 Milhas Rental Kart – Laranjal Paulista

No último 04 de fevereiro ocorreu a abertura do Campeonato Indoor KGV em Laranjal Paulista com uma prova de 200 MIlhas. Foram 326 voltas no traçado recém inaugurado Kartódromo Arena Usual.

16602462_1249031121847788_2468997045055875806_o

A Equipe Karteiros II levou o caneco, seguidos pelas equipes CA Kart em 2º, Monsters Kart II em 3º, CPCKA/DRC I em 4º, F Kart II em 5º e GPCKA/DRC II em 6º, fechando o Pódio.

O Campeonato Indoor KGV será composto por oito etapas ao longo do ano, sendo a última etapa a 500 Milhas Rental, a ser realizada no dia 11/11/2017. Ao longo do ano serão distribuídos mais de R$ 39.000,00 em prêmios. A equipe vencedora leva a inscrição para a 500 Milhas profissional.

A próxima etapa será a 175 Milhas Rental e está prevista para 18/03/2017 no Kartódromo Granja Viana, utilizando o traçado oval.

Descanse em Paz, Ligeiro

Sabe aquelas pessoas que admiramos assim que conhecemos? Aquelas que acabamos tomando por exemplo na vida? Então, o Aleandro era uma dessas. Dessas pessoas que partem muito antes da hora e deixam um bom perfume para todos os que o conhecem.16402463_1345454625518824_775153499830539300_o

Aleandro Souto, o “Ligeiro”, era preparador de motores no Kartódromo Granja Viana, era responsável pela mecânica dos karts da equipe de competição do KGV, um mestre em seu ofício, conquistou vários títulos na parceria com Alberto Cattuci, incluindo o Festival Rotax que lhe permitiu competir no Mundial Rotax em Sarno – Itália em outubro do ano passado.

Apesar de conhecê-lo a tão pouco tempo, pouco mais de seis meses, fica aui a minha homenagem a quem eu tinha como amigo, gostaria de ter convivido mais tempo com ele…

Que Deus o tenha, descanse em Paz Aleandro!

O Kartódromo Granja Viana estará em Laranjal Paulista

Nos próximos dias 4 e 5 de fevereiro, o Kartódromo Granja viana irá operar seus karts de locação no kartódromo Arena Usual, em Laranjal Paulista. No sábado será realizada a abertura do Campeonato Endurance KGV 2017 com uma prova de 6 horas de duração.

O Campeonato Endurance KGV será composto por oito etapas ao longo do ano e premiará a equipe vencedora com uma vaga nas 500 Milhas de Kart, que tem data prevista para o dia 16/12.

O Kartódromo Arena Usual está localizado a 160km da capital paulista, às margens da rodovia Mal. Rondon (Br-273), próximo ao km 175. A 200 Milhas Rental será o primeiro grande evento realizado neste local. No domingo, o Kartódromo funcionará entre 10 e 19h com baterias de 20 minutos, o valor é R$ 100,00 por piloto.

Informações no telefone 11 4702 5055

Velocidade nas Marginais – A ficha ainda não caiu.

Marginal Tietê - Foto: Mauro Calliari
Marginal Tietê – Foto: Mauro Calliari

Essas questões que atingem a vida de muita gente sempre são polêmicas, esta semana a alteração da velocidade nas marginais são o destaque nos noticiários. Lembro quando a velocidade nas marginais foram reduzidas também houve um grande alvoroço.

Pois bem, neste sábado tive a oportunidade de utilizar a Marginal Tietê em quase toda sua extensão, e minha impressão é que a ficha dos motoristas ainda não caiu, tanto no sentido Castelo Branco – Ayrton Senna quanto no sentido contrário, a grande massa de motoristas continuam trafegando a 70 km/h na pista expressa. Esta atitude faz com que, ao acelerar para 90 km/h, pareça estar muito rápido, seu subconsciente lhe diz que você está acima do limite, isso por que a diferença entre sua velocidade e a dos outros motoristas é muito alta. O resultado é uma grande massa de veículos na mesma velocidade e uma meia dúzia de apressados passando zunindo, mas dentro do limite de velocidade.

Apesar de gostar de velocidade e estar ansioso para voltar a trafegar a 90 km/h nas Marginais, sou a favor da redução de velocidade. Alguns artigos que li provam cientificamente que, ao reduzir a velocidade máxima de uma via de grande movimento, aumenta-se a velocidade média, isso porque em velocidades mais baixas reduzem-se as frenagens bruscas e repentinas, diminuindo, por sua vez, as ondas de lentidão. Na prática, essa alteração de velocidade fará com que economizaremos cerca de cinco ou dez minutos ao cruzarmos estas avenidas fora do horário de pico, apenas isso, pois sabemos que nos horários de pico, conseguir atingir 40 km/h é um luxo.

A volta do que não foi

top_highlight_f1-canadian-gp-2016-felipe-massa-williams-in-the-fia-press-conference

Você certamente já deve ter ouvido falar esta frase no último mês, certamente por causa da polêmica da “desaposentadoria” de Felipe Massa, que retornará à Williams após a aposentadoria repentina de Nico Rosberg no final da última temporada. Pois bem, ontem a Mercedes oficializou a contratação de Valteri Bottas para ocupar a vaga deixada por Nico, a Williams oficializou a renovação de contrato com Felipe Massa, que fará dupla com Lance Stroll no time inglês e a Sauber oficializou Pascal Wehrlein na vaga deixada por Felipe Nasr. Com isso fecha-se o mercado de pilotos para a próxima temporada, ficando apenas a dúvida sobre o futuro da Manor, que ameaça fechar as portas.

Hamilton e Bottas
Esta cena certamente fará parte da nossa rotina no próximo ano, talvez sem este sorriso no rosto de Hamilton… rs (Reuters)

 

Cá estou novamente!

Feliz Ano novo!

Depois de ficar a metade do ano sem acesso a um computador, escrevendo posts picado nos intervalos das atividades do escritório, cá estou, novamente, tentando retomar uma atividade que há muito sinto falta, a de escrever neste blog. Ele já viveu momentos melhores, no idos de 2011, 2012 quando eu e meu irmão tínhamos tempo e interesse, basicamente, por Fórmula 1, que era o motor dos nossos textos. Depois disto, ele se tornou pai, eu iniciei a faculdade, e as atividades do dia-a-dia aos poucos foram engolindo o tempo que tínhamos para ler sobre automobilismo e escrever a respeito, o efeito disso foi que o Blog foi “enferrujando”. O tempo passou rápido demais! Fiquei surpreso ao acessar o blog no início do ano passado e constatar que o último post de verdade tinha sido publicado há um ano, e antes dele ficamos outro ano sem escrever.

Mas a vida me reservou uma surpresa, a partir de meados de julho, um novo projeto me permitiu trabalhar diretamente com o esporte a motor, fato que reacendeu minha chama jornalística há tanto tempo adormecida. Foi então que comecei a escrever uma meia dúzia de linhas falando basicamente de kart, que é o mundo que estou inserido agora, e, aos poucos, fui relembrando do prazer que é escrever.

Pois bem, hoje, espero, inicio-se mais um ciclo: o de escrever e opinar sobre automobilismo e, quem sabe um dia, realizarmos nosso sonho de transformar o Gasparov Motorsport num portal de notícias especializado em automobilismo.